Português English
Contato

Curso de Especialização em Engenharia de Software (1a edição)

APRESENTAÇÃO

Seguindo uma tradição de oferecer cursos de Especialização lato sensu para profissionais da área de Sistemas de Informação, o Instituto de Informática da UFRGS está oferecendo, em 2013, o curso de Especialização em Engenharia de Software.

O PPGC/INF/UFRGS apresenta importante potencial para formação, capacitação e atualização de conhecimentos dos profissionais de TI. Entre os aspectos que justificam essa potencialidade podemos enumerar os seguintes:

  • a necessidade de aproximação da Universidade e a comunidade, para possibilitar o aprofundamento das interlocuções entre teoria e prática, refletindo a preocupação com a capacitação profissional com base em conceitos consolidados e ao mesmo tempo inovadores, pois são reflexos de pesquisas em andamento;
  • a UFRGS, em particular o INF (onde se insere o PPGC), como centro de excelência em ensino e pesquisa, reconhecido tanto nacional quanto internacionalmente;
  • as experiências bem-sucedidas do INF/UFRGS, ao longo dos anos, no desenvolvimento de outros cursos de pós-graduação lato sensu, tanto na modalidade presencial quanto na modalidade a distância, mantidos sempre os níveis de qualidade esperados pela UFRGS.

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO A DISTÂNCIA

O Curso será oferecido na modalidade A DISTÂNCIA . Como estabelecido pela regulamentação da PROPG e do MEC, os cursos de pós-graduação lato sensu oferecidos a distância deverão incluir, necessariamente, encontros presenciais para provas, avaliações e defesa presencial de monografia ou trabalho de conclusão de curso.
Assim este curso apresenta como atividades PRESENCIAIS requeridas pela regulamentação as seguintes:

  • aulas presenciais, realizadas no âmbito do Instituto de Informática, as quais, dependendo da disponibilidade, serão transmitidas simultaneamente via Internet.
  • avaliações presenciais, incluindo provas e atividades diversas, conforme o planejamento das disciplinas e, eventualmente, as atividades de recuperação que não puderem ser feitas a distância;
  • apresentação do trabalho final de conclusão de curso (monografia) perante uma banca.

Os encontros presenciais – aulas presenciais e videoconferência associada, e ainda as avaliações presenciais – deverão ocorrer nos sábados no turno da manhã, das 8:30 às 12:30 em auditórios do INF-UFRGS no Campus do Vale, Porto Alegre. Este horário foi concebido para permitir que tanto alunos da Capital como do interior possam participar. A apresentação do trabalho de conclusão poderá ter uma agenda diferente a ser combinada com os alunos.

O Curso terá carga horária de 360 horas/aula, e será oferecido na modalidade a distância, complementada com encontros presenciais, ou seja, o curso será desenvolvido em sua maioria através de atividades à distância, com algumas atividades presenciais definidas.

As atividades a distância são concentradas no ambiente web, contando com o apoio de recursos disponíveis em ambiente virtual de aprendizagem Moodle. Para estas atividades à distância, o INF-UFRGS disponibilizará:

a) Recursos didáticos e técnicos que permitam o acesso simultâneo dos alunos ao conteúdo e possibilitem sua comunicação com colegas, professores e coordenação;
b) Quadro de professores e monitores/tutores, devidamente credenciados, para o acompanhamento dos alunos.

O corpo docente é composto majoritariamente por professores do quadro da UFRGS, principalmente do Instituto de Informática, agregando-se à equipe docentes de outras instituições especialistas na área. A grande maioria possui doutorado em Computação e/ou Informática.

Para cada disciplina, haverá um ou mais professores da UFRGS dentre seus docentes ou convidados externos especialistas na área da disciplina, e no mínimo um monitor para cada 30 alunos, de modo realizar atendimento adequado aos alunos, seja ele assíncrono ou síncrono.

As aulas, na modalidade de Educação a Distância, utilizarão vários tipos de material instrucional disponível e meios de comunicação na plataforma de apoio ao ensino à distância Moodle disponibilizada pelo Instituto de Informática da UFRGS.

As disciplinas serão organizadas em módulos e para cada módulo haverá um conjunto de atividades presenciais de avaliação (prova) – realizada presencialmente mas por intermédio do sistema Moodle – com questões englobando o conteúdo das disciplinas que compõem este módulo.

Os alunos que – ao realizarem as atividades de uma disciplina e ao responder as questões da prova relativa a esta disciplina – não atingirem o conceito mínimo para aprovação terão direito a fazer uma atividade de recuperação, definida especificamente para cada disciplina e avaliada a critério do professor.

Cada aluno realizará Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), com orientação, ao final do módulo 4. Após a entrega do TCC, serão definidos os procedimentos para a apresentação do TCC perante uma banca para o avaliação do trabalho. Processo seletivo e requisitos para matrícula.

Calendário e Informações resumidas:
– Inscrições (gratuitas): de 21 janeiro a 8 de abril de 2013
– Seleção: de 01 a 15 de abril
– Divulgação dos alunos selecionados : 16 de abril de 2013
– Matrícula: de 16 a 26 de abril de 2013
– Início das aulas: 04 de maio de 2013

Duração: 24 meses, sendo 18 com aulas e 6 reservados para a elaboração, entrega e apresentação da monografia (Trabalho de Conclusão de Curso – TCC).
Carga horária total em disciplinas: 360 horas

Período de realização do curso (incluído o prazo para Monografia ou Trabalho de Conclusão): 4 de maio de 2013 até 2 de maio de 2015, com recessos (períodos não-letivos) nas férias de verão (tipicamente janeiro e fevereiro), inverno (tipicamente julho) e respeitando os feriados e dias não-letivos da UFRGS.

Público Alvo: o público-alvo do Curso abrange profissionais de TI (CIOs, Gerentes de TI, Engenheiros de Software, Analistas, Projetistas, Arquitetos de Software, Programadores, Engenheiros de Teste, Analistas de Teste, Testadores, etc) atuando em funções de TI ou em empresas de TI, e que possuam graduação em qualquer área do conhecimento em um curso reconhecido pelo MEC. Para os que não forem graduados em Computação ou curso similar, se dará preferência a pessoas atuando na área de TI.

Vagas: 60 (podendo haver expansão dependendo do processo de seleção)

Seleção: O processo seletivo ocorrerá sob responsabilidade do INF-UFRGS, por meio de Comitê instituído especificamente para essa seleção.

DISCIPLINAS E PROFESSORES

As ementas sugeridas para as disciplinas do programa do Curso são descritas ao final deste documento. Todos os detalhes restantes (incluindo a bibliografia básica e complementar) estão explicitamente definidos no Plano de Ensino de cada disciplina que estará disponibilizado no decorrer do curso aos alunos regularmente matriculados.

Lista de Disciplinas do Curso

  • UML 2.0, Análise Orientada a Objetos e Casos de Uso na Prática 15h
  • Arquiteturas de Software e Projeto Orientado a Objetos 15h
  • Melhores Práticas em Programação Orientada a Objetos 15h
  • Modelagem e Gerência de Processos de Negócio 30h
  • Modelagem Conceitual e Persistência 15h
  • Software de Fonte Aberto 15h
  • Engenharia de Requisitos : Desenvolvimento e Gestão de Requisitos 15h
  • Métricas e Indicadores no Processo de Software 15h
  • Software como Serviço: Arquitetura SOA e WebServices 15h
  • Desenvolvimento Baseado em Modelos 15h
  • Gerência de Versões, Configurações e Mudanças: Conceitos e Ferramentas 15h
  • Usabilidade e Acessibilidade 15h
  • Teste de Software: Conceitos e Ferramentas 30h
  • Engenharia de Software para Aplicações Web 15h
  • Reuso de Software , Componentes e Patterns 15h
  • Métodos Ágeis : Princípios, Métodos Ágeis e Estratégias de Adoção 30h
  • Gestão da Qualidade de Software 15h
  • Desenvolvimento de Software para Dispositivos Móveis 15h
  • Segurança de Informação 15h
  • Metodologia Científica 15h

TOTAL de HORAS-AULA (20 disciplinas)…………………….360 HORAS

Corpo Docente do Curso

Nome do Docente Instituição Título URL do CV Lattes
Carla Freitas UFRGS Dra http://lattes.cnpq.br/4093653182381054
Eduardo K. Piveta UFSM Dr http://lattes.cnpq.br/8687196768910831
Erika Cota UFRGS Dra http://lattes.cnpq.br/1476916621672594
Henrique J. Brodbeck UFRGS MSc http://lattes.cnpq.br/1085717906505239
Karin Becker UFRGS Dra http://lattes.cnpq.br/1559292514654215
Leandro Wives UFRGS Dr http://lattes.cnpq.br/5996993884846655
Leila Ribeiro UFRGS Dra http://lattes.cnpq.br/8705873746227963
Lisandra Manzoni UFSM Dra http://lattes.cnpq.br/8979575031016933
Luciana Nedel UFRGS Dra http://lattes.cnpq.br/4416858554787169
Marcelo Pimenta UFRGS Dr http://lattes.cnpq.br/2202679279260042
Raul Weber UFRGS Dr http://lattes.cnpq.br/2900641277494496
Renata Galante UFRGS Dra http://lattes.cnpq.br/3867942762661182

 

SISTEMA DE AVALIAÇÃO

A avaliação de cada disciplina será realizada em duas etapas:

  • a primeira, específica aos conteúdos de cada disciplina, será realizada através dos trabalhos, exercícios, discussões, seminários, e outras atividades propostas para este fim pelo professor. Fica a critério, de cada professor, estabelecer a modalidade de avaliação compatível com os conteúdos apresentados, bem como de acordo com a estratégia pedagógica. Cada professor acompanhará a freqüência dos alunos, tanto aos chats quanto nas atividades assíncronas, podendo estabelecer, excepcionalmente, atividades compensatórias e de recuperação.
  • a segunda é presencial e realizada no decorrer de um módulo; ou seja, sendo 4 módulos, haverá no mínimo 4 encontros PRESENCIAIS de avaliação onde os alunos realizarão as provas das disciplinas do módulo que se encerra. Para módulos com muitas disciplinas, prevê-se mais de uma avaliação por módulo, para que uma avaliação não englobe conteúdo de muitas disciplinas;
  • para os alunos que não obtiverem conceito de aprovação em alguma disciplina, será possível realizar atividades de recuperação. As atividades de recuperação serão definidas a critério do professor de cada disciplina e ocorrerão em 2 momentos, descritos a seguir.

1º) Ao final de cada módulo, no período reservado para “Recuperação”, o aluno poderá recuperar – se necessário – todas as disciplinas em que não foi arovado;
2º) Ao final do módulo 4 (ou seja, ao final de todas as disciplinas) – e necessariamente ANTES do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), o aluno poderá recuperar até 2 disciplinas que tenham ficado pendentes. Ou seja, alunos que não tenham conseguido recuperar as disciplinas ao final de cada módulo podem recuperar as pendências – respeitando este limite de, no máximo, 2 disciplinas no total – neste período. Alunos que tenham MAIS do que 2 disciplinas pendentes (mesmo com justificativa – p.ex gestação, problemas de saúde, etc) terão sua situação avaliada pela coordenação do curso.

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Ao término do Curso, sob a supervisão de um Professor-Orientador APROVADO PELA comissão coordenadora do Curso (geralmente um professor docente do curso ou um professor vinculado ao PPGC, mesmo sem ser docente do curso), cada aluno deverá produzir individualmente, um Trabalho de Conclusão de Curso (abreviado TCC) que é uma monografia, conforme os parâmetros definidos pela coordenação do curso e as normas exigidas pela UFRGS para a produção de uma monografia (a serem detalhadas na disciplina de Metodologia Científica).
O TCC será apresentado e avaliado, presencialmente, por 2 (dois) professores vinculados ao curso. Excepcionalmente, mediante justificativa documentada, admitir-se-á a apresentação na modalidade de vídeo-conferência ou equivalente. Os critérios de avaliação e aprovação do TCC serão estabelecidos a priori pelos professores orientadores. Se aprovado, o texto final do TCC deverá ser disponibilizado na Biblioteca do INF e no repositório digital LUME da Ufrgs. Não haverá recuperação do TCC caso não haja aprovação.

DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES

A sede das atividades presenciais do curso é o Instituto de Informática – Campus do Vale – UFRGS, Porto Alegre.
As atividades a distância são concentradas no ambiente web, contando com o apoio de recursos disponíveis em ambiente virtual de aprendizagem Moodle. Nas atividades presenciais deverão observar as seguintes situações:

a) Os alunos deverão assistir a aula presencial em uma sala do INF (a ser definida e divulgada previamente) OU assistir à transmissão síncrona da aula presencial, via videoconferência, se houver possibilidade. Cada aluno que optar por assistir via videoconferencia deve possuir o equipamento adequado (a definição dos requisitos mínimos e configuração desejável serão divulgados pela coordenação), e assegurar uma conexão confiável com uma infraestrutura e configuração mínimas para isto;
b) O INF será o responsável por fornecer toda a estrutura necessária para o acompanhamento das aulas presenciais no INF e por assegurar o bom funcionamento dos recursos na origem da videoconferência.
c) O aluno que desejar assistir presencialmente deverá se dirigir ao INF por conta própria;
d) A transmissão da aula por videoconferência será a partir da sede do curso, o Instituto de Informática (INF) da UFRGS no Campus do Vale, Porto Alegre.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

O curso terá um custo total de R$ 12.240,00, pago em 24 parcelas de R$ 510,00.

As inscrições devem ser realizadas de 23 de janeiro a 8 de abril nos endereços abaixo:

Inscrições PESSOALMENTE no INF-UFRGS
Inscrições na Secretaria do Curso – 9h as 11:30 – 14:00 as 17h no seguinte endereço.
Instituto de Informática
Setor de Projetos
Av. Bento Gonçalves, 9500 – Campus do Vale – Bloco IV, Bairro Agronomia
Porto Alegre
(O site www.inf.ufrgs.br tem informações de como chegar ao INF)

Observe o horário de funcionamento desta secretaria no período de 18/01/2013 a 01/03/2013:
2ª feira – 12h às 17h
3ª, 4ª e 5ª feiras – 9h às 17h
6ª feira – 9h às 14h

Inscrições por postagem pelo Correio (SEDEX com carimbo da ECT até o prazo)
Instituto de Informática – Setor de Projetos
Caixa Postal 15064
91501-970 Porto Alegre – RS – Brasil

Informações adicionais podem ser obtidas pelo e-mail ou telefone 3308-7760.

Documentação Obrigatória

  • Diploma de graduação (fotocópia frente e verso) ou atestado de conclusão (curso reconhecido pelo MEC);
  • Histórico escolar completo do curso de graduação;
  • Diploma de curso de pós-graduação, se for o caso.
  • Curriculum Vitae; (preferencialmente mas não obrigatoriamente no formato Lattes)
  • Duas fotografias 3×4;
  • Fotocópia da Carteira de Identidade e CPF;
  • Formulário de inscrição

 

Opcionais:

  • Cartas de recomendação de professores ou profissionais atuantes na área ou em área afim.
  • Declaração de interesse do empregador;
  • Outros comprovantes de atualização ou treinamento de profissional em computação.

 

Seleção
A seleção será realizada através da análise da documentação dos candidatos.

Ementas das Disciplinas

Módulo I
UML 2.0 e Análise Orientada a Objetos Notação UML 2.0: Diagramas básicos e como construí-los. Diagramas e formas de uso; Análise Orientada a Objetos: modelos, diagramas  e atividades; Modelagem Comportamental: Casos de uso, seus níveis de abstração, e descrições textuais complementares; Modelagem Conceitual e Modelo de classes;  Definindo Funcionalidade independentemente de tecnologia;  UML Avançado:  UML 2.0 e algumas suas características avançadas, estereótipos, perfis. Exemplos e Exercícios.
Arquitetura de Software e Projeto OO Análise Arquitetural. Organização da arquitetura em camadas.  Modelos arquiteturais: cliente-servidor, 2, 3 e n camadas.  Padrões arquiteturais. Servidores de aplicação. Desenvolvimento para Internet e padrões arquiteturais da WEB: MVC, Classe Controladora e outros. Diretrizes e plataformas para implementação.   Projeto OO: Definição de arquitetura geral da aplicação; Identificação de classes do software (classes do domínio do problema e classes de implementação), seus atributos e métodos; Atribuição de responsabilidades a classes; Uso de UML para Projeto OO; Exemplos e Exercícios.
Software Aberto e Software Livre Visão geral de software livre. Filosofia de Software livre. Aspectos legais e Licenciamento. Modelos de Negócio. Processo de desenvolvimento de software livre. Práticas de qualidade de software. Fundamentos e Estratégias baseadas em software aberto. Software aberto e software livre.
Desenvolvimento baseado em SOA com Web services SOA: conceitos, fundamentos e características; Web Services: descrição (WSDL, WSDL-S, OWL-S), ciclo de vida, repositórios (UDDI), seleção, composição e orquestração (BPEL),  protocolos (SOAP), RPC versus REST.
Modelagem e Gerência de Processos de Negócios Modelagem de Processos de Negócio: Princípios, técnicas e notações. Casos de negócio. BPMN: visão geral, evolução, comparação com outras notações. Ferramentas, em particular software livre. Mapas conceituais, mapas de contexto e matriz de ruptura. Modelagem de processo de negócio com BPMN. Modelos as-is e to-be. KPIs. Melhoria e otimização de processos de negócio. UML e Modelagem de Negócio: Business Use Cases e seu uso. De Modelos de Negócio a Modelos de Casos de Uso: integrando Modelagem de Negócio ao Desenvolvimento de Sistemas. Modelagem de Negócios. Gerência de Processos de Negócio (BPM): conceito, visões, aplicações. Gestão por processos, importância, histórico. BPMS: ferramentas de gerenciamento de processos de negócio. Exemplos e Exercícios.
Módulo II
Modelagem Conceitual e Persistência Modelagem Conceitual e Persistência. Abstração de Dados. Modelagem Conceitual de Dados. Modelagem Conceitual de Dados.Modelagem de Persistência de Dados.Modelagem Física de Banco de Dados. Mapeamento dos Modelos Gerados para Banco de Dados.
Engenharia de Requisitos: Desenvolvimento e Gestão de Requisitos Requisitos: conceitos e definições; Requisitos e Critérios de Qualidade; Requisitos do Cliente, Requisitos  do Produto (Sistema). Requisitos e Necessidades, Expectativas, Limitações e Restrições;  Critérios para avaliação e aceitação de requisitos; Tipos de Requisitos: Requisitos Funcionais , Requisitos não funcionais. Técnicas de Coleta e Validação de Requisitos.  Negociação e priorização de requisitos e do escopo do projeto;  Representação, especificação e documentação de requisitos;  Casos de uso  e Requisitos.  Introdução a Gerência de requisitos: Rastreabilidade de requisitos,  Controle de Mudanças em requisitos; Exemplos e Exercícios.
Usabilidade e Acessibilidade Introdução: princípios e fundamentos de Interação Homem Computador,  usabilidade, acessibilidade, etc.; Princípios e técnicas de engenharia de software para contemplar  usabilidade: prototipação , projeto centrado no usuário, avaliação de usabilidade; Design visando usabilidade e acessibilidade, avaliação de usabilidade e acessibilidade. Organização de resultados de avaliação de usabilidade: classificação de problemas de acordo com heurísticas, recomendações e severidade de problemas; Integração de modelos de negócio, modelos de Engenharia de Software e modelos IHC.
Boas Práticas em Programação Orientada a Objetos Revisão de Conceitos de Programação OO: classes, objetos, operações, mensagens, métodos e estados. Construtores e destrutores. Heranças, abstrações, generalizações, especializações e instanciações. Polimorfismo. Agregação. Melhores práticas em Programação em Linguagem Orientada a Objetos, Refatoração e Programação Web.
Métodos Ágeis : Princípios, Métodos Ágeis e Estratégias de Adoção Princípios e valores do desenvolvimento ágil de software. Desenvolvimento de software enxuto. Métodos ágeis de desenvolvimento de software. Gestão de projetos e estratégias de adoção.
Módulo III
Gerência de Versões, Configurações e Mudanças Gerência de Versões: Conceitos e Ferramentas; Gerência de Configuração e Mudanças de software: Baseline, Atividades, Papéis e Ferramentas;
 Teste de Software Fundamentos do teste : O papel do teste nos processos de software, Qualidade de Software e Teste de Software,  Teste: Conceitos e Princípios, Fundamentos: Verificação, Validação e Testes , Objetivos dos testes, Princípios, métodos, níveis, técnicas e tipos de teste, Abordagens de Testes de Integração e de Sistema, Abordagens de Testes de Unidade, Projeto de Casos de Teste, Rumo a Automação de Testes, Conceitos básicos de Desenvolvimento Dirigido por Testes (TDD), Inspeção, Exemplos e exercícios com uso de ferramentas.
Engenharia de Software para Aplicações Web Desenvolvimento de Software na Web: Visão geral da Internet, Protocolos e padrões,  Servidores Web; Navegadores; Características de desenvolvimento de software na Web; Análise e Projeto de Aplicações Web: estrutura, conteúdo, apresentação e navegação;  UML e desenvolvimento Web: estereótipos e extensões para Web (UWE). Visão geral da WebML e da OOHDM. Padrões e tecnologias para o desenvolvimento de aplicações Web: HTML, XML, XHTML, CSS, CGI, Client-side scripting (JavaScript), Server-side scripting (PHP, JSP), SOA, Web Services (SOAP, WSDL, UDDI), MVC e Frameworks (Yii).
Reuso de Software, Componentes e Padrões Reuso de Software: Principios e fundamentos, artefatos reusáveis, processos de desenvolvimento com reuso e para reuso;  Frameworks e Padrões; Desenvolvimento de Software Baseado em Componentes: análise e projeto de componentes. Reuso de componentes. Padrões (Patterns): conceitos, princípios e estrutura de descrição; Padrões de Análise e seu uso; Padrões de Projeto: padrões GoF e JEE. Exemplos e exercícios.
Módulo IV
Gestão da Qualidade de Software: processos, modelos, práticas Fundamentos de modelos, processos e práticas para melhoria da qualidade do software; Visão no produto (ISO/IEC 25000, ISO/IEC 9126, ISO/IEC 14598, ISO 12119); Visão no processo (ISO 9000-3, ISO/IEC 12207, CMM, CMMI, ISO/IEC 15504, MPS-BR), Visão no indivíduo (PSP, TSP, P-CMMI); Auditoria de Qualidade; Procedimentos rumo à certificação
Desenvolvimento Baseado em Modelos Introdução e conceitos básicos de MDA. Modelos e Metamodelagem. Transformações de modelos. Padrões OMG para MDA. Projeto MDD. Ferramentas de apoio a MDA.
Métricas e Indicadores no Processo de Software Métricas: Conceitos e definições; Importância de Métricas e Indicadores; O processo de gestão de software e o uso de indicadores; Métricas e Indicadores de tamanho e complexidade; Métricas e Indicadores de qualidade de produto; Métricas e Indicadores de qualidade de processo; Processo de Medição usando a Abordagem Goal/Question/Metric; Técnicas de Coleta e Validação; Interpretação de Resultados; Avaliação de riscos por seus indicadores.
Segurança de Informação Fundamentos de segurança de dados, em redes e de computadores pessoais.  Sistemas Criptográficos. Principais tipos de ataques à segurança. Principais metodologias e ferramentas utilizadas para impedir ou restringir ataques. Programas daninhos. Privacidade, Autenticidade e Integridade da Informação.
Desenvolvimento de Software para Dispositivos Móveis Introdução aos dispositivos móveis: plataformas, características de hardware, exemplos de uso
Modelos de negócio no desenvolvimento e distribuição de aplicativos
Lógica de uso e compartilhamento de informações entre aplicativos e entre dispositivos
Introdução à programação de aplicativos em dispositivos móveis (linguagens e ferramentas)
HTML 5 como opção à programação de dispositivos móveis
Lógica de interação com dispositivos móveis
Regras e recomendações para o projeto de interfaces com o usuário
Uso de recursos avançados, incluindo geolocalização, acelerômetros e mapas
Uso criativo de dispositivos móveis

 

A seguir a lista dos alunos selecionados para o Curso de Especialização em Engenharia de Software.

Todos os detalhes para efetivação da matrícula e TODAS as informações para o início das aulas serão enviados por email EM BREVE (no máximo dentro de uma semana). Além de serem enviada por email, toda esta informação estará disponibilizada no site do curso.

O início das aulas continua previsto para 04 de maio de 2013.

Não hesite em entrar em contato conosco pelos emails ou para informações adicionais.
=======================================================================

Nome dos alunos selecionados

Alexandre Ferreira dos Santos
Alfredo Carlos Pitta Pinheiro Corrêa
Alfredo Gaubert Capella Junior
Aline Vieira Malanivicz
Anderson da Silva Costa
André Luís de Almeida Melo
Antônio Carlos da Costa Alves
Bernardo Caye Grünhäuser
Caio Duarte
Carlos Alberto dos Santos
Carlos Eduardo dos Santos
Cássio André Wailer Trindade
Charles Capella Leonhardt
Cibele Elaine Vencato
Clarissa Almeida Rodrigues
Cláudio Soares Xavier Vidal
Claudnei Costantin
Diogo Delpaço
Douglas Requia Soaresn
Ednaldo Lúcio dos Santos
Eduardo Aquiles Affonso Radanovitsck
Eduardo Daudt Flasch
Éverton Luis Confortin
Fábio Dal Osto
Felipe Margel Pasquali
Fernando Roberto Reckziegel
Flávio Guterres Dalmoro
Gabriel Alabarse Hernandez
Gelsimar Machado da Cunha
Guilherme Trein
Helius Tavares De Oliveira
Henrique Zmuda da Silva
Higor Zardo Medeiros
Igor Cadena de Assunpção
Jéssica Henche
Joaz Vieira Soares
José Wagner Farias Mirisola*
Júlia Mara Colleoni Couto
Juliane Contini Melo
Juliano Baldez de Freitas
Juliano Barbosa
Kamila Baltazar Correia
Léo Simon Calmon Fernandes
Lisiane Figueira Ackermann
Lucas Kinzel Moraes
Lucas Mendo Giombelli
Lucas Wizer da Silva
Marco Antônio Faé Simas
Marco Aurélio da Rocha Leite
Maurício dos Anjos Fragoso *
Natanael de Barros Santos
Neiva Terezinha da Barelos *
Paulo Dalcione Corrêa Paim
Paulo Ricardo Lima Hidaka
Piter OliveiraVergara *
Rafael Menezes Nunes
Rafael Oliveira
Rafael Raffaelli *
Raquel Pereira Capilheira
Renan Biegelmeyer da Sila
Renan Rubatini Murussi
Renato Caetano Diogo
Renato Gabbardo
Robson Pablo Pontin*
Rodrigo Alminhana dallarosa
Rodrigo Pereira Piccini
Rogério dos Santos Pereira
Rogério Melnick
Rui Anderson Ferrarezi Garcia
Tiago Monaco Papageorgiou
Tiago Stein Motta
Victor Ravizzini Coelgo
Vinícius Renato Totti