Português English
Contato

Internacionalização | Projetos de Cooperação Internacional

Criação do Laboratório Internacional e Computação Intensiva e de Informática Ambiental
• Descrição: O projeto é dividido em três eixos: Infraestrutura e middleware; Algoritmos, softwares e programação; e aplicações. Cada eixo é dividido em sub-domínios. Os três eixos possuem uma grande dependência pois tipicamente uma solução em hardware será dependente do problema alvo da aplicação a ser executada. Esta complementariedade em diversos níveis (entre os eixos científicos, mas também entre os grupos de Grenoble e de Porto Alegre) consiste no interesse principal da organização e do laboratório.
• Parceiros: Centre National de La Recherche Scientifique, Institut Polytechnique de Grenoble, Université Joseph-Fourier Grenoble I, Université Pierre Mendés France Grenoble II, Institut National de Recherche em Informatique et em Automatique
• Coordenador: Philippe O.A. Navaux
• Integrantes: Roberto da Silva-UFRGS, Sílvio Renato Dahmen
• Início: 04/12/2013
• Término: 04/12/2018

Dupla Diplomação UFRGS/INPGrenoble
• Descrição: este convênio contempla o intercâmbio de estudantes de graduação dos cursos de ciência da computação, engenharia da computação, engenharia elétrica, engenharia de materiais, engenharia de produção, engenharia de controle a automação, engenharia de energia, engenharia ambiental, engenharia mecânica, engenharia civil, engenharia física, engenharia ambiental, engenharia hídrica. Permite a expedição simultânea de um diploma da universidade de origem e da universidade que recebe os estudantes em intercâmbio (acolhedora).
• Parceiro: INPG (França)
• Início: 25/10/2014
• Término: 25/10/2019
• CAPES/BRAFITEC
• Lucas Mello Schnorr

Projeto Encerrados:
Dupla Diplomação UFRGS/Technische Universität Berlin
• Descrição: este convênio contempla o intercâmbio de estudantes de graduação do curso de ciência da computação. Permite a expedição simultânea de um diploma da universidade de origem e da universidade que recebe os estudantes em intercâmbio (acolhedora).
• Parceiro: Technische Universität Berlin
• Início: 17/12/2010
• Término: 16/12/2015
• Acordo-DD-TUB-UFRGS

Formação Avançada em Micro e Nano Sistemas – Minasys
Descrição: Promover a formação de engenheiros brasileiros e franceses por meio de interncâmbio com ênfase nas áreas de Engenharia da Computação, Engenharia de Materiais, Engenharia Elétrica e Ciência da Computação
Parceiros: Ecole Polytechnique Universitaire de Montpelellier, Ecole Polytechnique Universitaire de Nice
Financiamento: CAPES/BRAFITEC
Inicio: 01/03/2012
Término: 31/12/2015

Global Engineer for Sustainable Development – GlobE-Sud
• Descrição: Tendo como base o acordo efetivo de dupla diplomação UFRGS-INP, o objetivo deste projeto é de integrar o conjunto de formação em engenharia de forma a criar uma rede articulada sobre as novas problemáticas da engenharia e de suas aplicações ao desenvolvimento sustentável e globalizado, através do intercâmbio de alunos de graduação nas especialidades engenharia elétrica, engenharia de produção e engenharia de materiais, e em informática.
• Parceiros: UFSC, INP Grenoble e Toulosse
• Financiamento: CAPES/BRAFITEC
• Coordenador: Nicolas Maillard-UFRGS
• Integrantes: Claudio Fernando Resin Geyer-UFRGS, Philippe Olivier Alexandre Navaux – UFRGS, Dante Barone-UFRGS
• Início: 1 /3 /2011
• Término: 28/02 /2012

FOTAMISE – Formation en Technologies Avancées de Microéletronique etde Systémes Embarqués
• Descrição: o projeto Fotamise contempla o intercâmbio de estudantes de graduação entre 2 universidades brasileiras, Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Universidade Federal da Bahia e as 6 escolas francesas da rede Ampere: Ecole Nationale Supérieure d’Electronique et de Ses Applications (ENSEA), Ecole Nationale Supérieure d’Electronique, Informatique et de Radiocommunications de Bordeaux (ENSEIRB), Ecole Nationale Supérieure de Physique de Strasbourg (ENSPS), Ecole Nationale Supérieure d’Ingénieur de Caen (ENSICAEN), Ecole Nationale Supérieure des Ingénieurs des études et Techniques d’Armement (ENSIETA) e Ecole Supérieure Physique Chimie  Electronique de Lyon (CPE Lyon). O projeto Fotamise é centrado nas áreas de Eletrônica, Microeletrônica, Informática, Sistemas Embarcados, Telecomunicações, Redes, Automação e Eletrotécnica.
• Parceiros: ENSEIRB, ENSEA, ENSPS, ENSICAEN, ENSIETA, UFBA
• Financiamento: CAPES/BRAFITEC
• Coordenador: Fernanda Gusmão de Lima Kastensmidt -UFRGS
• Início: 1/4/2007
• Término: 28/02/2012
• URL: http://www.inf.ufrgs.br/brafitec/

SCISTEMA – Ciências e Tecnologias em Computação Pervasiva (SCIences et Technologies en Milieu Ambiant)
• Descrição: intercâmbio de alunos de graduação nas especialidades em eletrônica e em informática, evoluindo para abranger todas as engenharias de ambas as universidades. Assim, no nível de Grenoble, o conjunto dos cursos de Engenharia do INPG e do PolyTech Grenoble (UJF) já estão incluídos nessa proposta.
• Parceiros: INPG (França), UJF
• Financiamento: CAPES/BRAFITEC
• Coordenador: Philippe Olivier Alexandre Navaux – UFRGS
• Integrantes: Claudio Fernando Resin Geyer-UFRGS, Nicolas Maillard-UFRGS, Dante Barone-UFRGS
• Início: 1 /4 /2007
• Término: 28/02 /2011

BERPACICT – Berlim Porto Alegre Curricula on Information and Communication Technology
• Descrição: projeto de cooperação entre o Instituto de Informática da UFRGS e a Faculdade de Engenharia elétrica e Informática da Universidade Técnica de Berlim que tem como objetivo principal o intercâmbio de alunos de graduação.
• Parceiros: Technische Universität Berlin(TUB)
• Financiamento: CAPES/DAAD/UNIBRAL
• Coordenador: Álvaro Freitas Moreira-UFRGS
• Início: 1 /1 /2008
• Término: 1 /1 /2010

SCHEME – Special Consortium for Higher Education in Microeletronics
• Descrição: o projeto tem por objetivo promover o intercâmbio técnico-científico e cultural entre as três instituições brasileiras e as quatro universidades norte-americanas. Visa a mobilidade de estudantes de graduação nos dois sentidos e à integração entre docentes na busca de modernização curricular na área de Engenharia Elétrica e Computação com ênfase em Microeletrônica.
• Parceiros: Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Arizona State University, Iowa State University, Texas A&M University e a State University of New York.
• Financiamento: CAPES/FIPSE
• Coordenador: Altamiro Amadeu Susin-UFRGS
• Início: 2008
• Término: 2011

VIDAS – Visualização e Interação com Dados Agregados por Similaridade
• Descrição: A Web desempenha um papel preponderante e crescente como meio de difusão e, consequentemente, de obtenção de informações. Assim, a busca de informações nesse grande repositório de dados, a identificação de quais fontes de dados são confiáveis e a comparação de informações originadas a partir de fontes de dados diferentes tornaram-se tarefas do cotidiano, para as quais não se tem apoio suficiente. Um dos grandes problemas criados pelo volume e pela variedade de dados disponíveis na Web é o gerenciamento de dados incertos (i.e. dados que possuem múltiplas representações do mesmo objeto do mundo real); ex.: Antonio Carlos de Azevedo pode ocorrer como Antonio C. Azevedo , Antonio de Azevedo, ou mesmo Antonio Azevedo . Neste contexto, funções de similaridade podem ser utilizadas para efetuar casamento aproximado de dados, indicando quais instâncias correspondem a diferentes representações do mesmo objeto do mundo real. Contudo, a grande heterogeneidade na representação dos dados não permite que se identifique automaticamente quais valores se referem ao mesmo objeto, sendo necessária a participação do usuário no processo. Um dos problemas que surge em ambientes que fazem uso de funções de similaridade é como visualizar os resultados dessas funções e as alternativas que devem ser apresentadas aos usuários para decisão. O objetivo principal deste projeto é estudar métodos, técnicas e ferramentas focados nas necessidades dos usuários em visualizar e interagir com dados agregados a partir de funções de similaridade, dados incertos.
• Financiamento: CAPES/COFECUB
• Parceiros: Université Paul Sabatier, Toulouse, França
• Coordenador: Carla Maria Dal Sasso Freitas – UFRGS
• Demais Integrantes: Renata Galante – UFRGS , Philippe Palanque – França
• Início: maio 2012
• Término: dezembro 2015

VideoArch3D – Técnicas Eficientes em potência para Sistemas Multimídia
• Descrição: O projeto pretende explorar a experiência conjunta das equipes de pesquisa em sistemas de hardware para processamento de vídeo, tanto da UFRGS, como da UFPel e do Karlsruhe Inst. of Technology – Univ. of Karlsruhe, para propor técnicas eficientes em potência e também inovadoras (nos níveis algorítmico e arquitetural) para processamento multimídia 3D em dispositivos móveis. O foco do Projeto é conjuntamente considerar o conhecimento da aplicação de codificação de vídeo, particionamento hardware/software, e o projeto de técnicas de gerenciamento de potência em todos os níveis, inclusive no nível elétrico de sistemas em chip. Neste projeto, um estudo detalhado dos atuais e novos padrões de codificação de vídeo monovista e multivistas (dos quais o vídeo estéreo 3D é um subcaso) é considerado como base para propor algoritmos inteligentes e altamente eficientes para reduzir a complexidade a um reduzido custo de eficiência de codificação. Considerando os padrões de codificação de vídeos 2D/3D, o desafio é pesquisar arquiteturas de hardware e software inovadoras que irão possibilitar a realização eficiente em potência destas aplicações padrões em dispositivos móveis e fixos.
• Financiamento: CAPES/PROBRAL
• Parceiros: UFPel, University of Karlsruhe
• Coordenador: Sérgio Bampi – UFRGS
• Demais Integrantes: Altamiro Amadeu Susin – UFRGS
• Início: Março 2012
• Término: Março 2014

CAMELEON: Métodos Colaborativos e Automáticos para Multilingualização de Léxicos e de Ontologias.
• Descrição: O objetivo científico desse projeto é investigar, propor, experimentar, aplicar e validar técnicas automáticas e colaborativas para o desenvolvimento de recursos lexicais e ontológicos necessários quando da construção de aplicações multilíngues. As línguas alvo do projeto são português (brasileiro), francês e inglês, e a linguagem artificial UNL por se tratar de uma representação semântica interlíngua (Boitet et al. 2009). Assim, essa proposta visa a investigação de métodos de obtenção de informações linguísticas para a construção de recursos lexicais, integrando léxicos multilíngues e ontologias, com foco em técnicas colaborativas e automáticas. No primeiro caso, colaboradores voluntários podem usar uma plataforma como Jibiki (Mangeot et al. 2004), para editar os verbetes de um dicionário e para criar links entre eles, através de um navegador Web. Analogamente, as aplicações multilíngues podem acessar e contribuir automaticamente para os recursos lexicais armazenados na plataforma através de uma API. Por outro lado, a construção automática de recursos é baseada na extração de informação lexical a partir de corpora textuais, usando evidências empírico-estatísticas e técnicas de aprendizado de máquina. Nesse contexto, um problema particularmente interessante é o tratamento de expressões multipalavra e sua aquisição automática (Ramisch et al. 2010, Caseli et al. 2009).
• Financiamento: CAPES/COFECUB
• Parceiros: Université Joseph Fourier
• Coordenador: Aline Villavicencio – UFRGS
• Início: Março 2011
• Término: Março 2014

MAP GREEN-DC Mapeamento eficiente de energia usando processadores multicore em data centers virtualizados
• Descrição: O objetivo geral é o uso de sistemas computacionais paralelos e distribuídos para melhorar o custo energético do uso de computadores, graças a ferramentas que abstraem o suficiente a complexidade da plataforma ao olhos do usuário final. Especificamente, espera-se estudos do custo energético do uso de arquiteturas paralelas, em três diferentes níveis: (a) um processador, (b) um cluster de vários processadores, e (c) um cloud de recursos virtualizados. Este estudo alimentará a avaliação de desempenho de soluções tradicionais de gerenciamento de plataforma distribuídas e de programação, a fim de providenciar melhorias nas mesmas. Acrescenta-se também as metas seguintes, relativas à atuação acadêmica dos parceiros: 1. Transferência de tecnologia e reunião de esforços para o desenvolvimento de novas tecnologias em gerência de recursos em grades computacionais; 2. Intercâmbio de alunos de pós-graduação, professores e pesquisadores brasileiros e alemães; 3. Desenvolver artigos científicos para revista internacional, relatando os resultados obtidos com as pesquisas desenvolvidas nesta cooperação.
• Financiamento: CAPES/COFECUB
• Parceiros: Université Paul Sabatier, Toulouse, França
• Coordenador: – Philippe Navaux UFRGS
• Demais Integrantes: Nicolas Maillard – UFRGS, Cesar De Rose PUC-RS, Tiago Ferreto PUC-RS, Hans Ulrich Heiss TUB, Berlim, Jan Richling, TUB, Joerg Schneider, TUB
• Início: janeiro 2013
• Término: dezembro 2014

LAGDataClima – Virtual institute for meterological data in the South America
• Descrição: Major objectives and their relevance 1. Organize a database for observational and simulate data from the countries involved in the proposal, starting with temperature and precipitation fields. 2. Contribution with climatological analysis for evaluating global change impact on extreme events in the South America regions, including: intensity, frequency, space variability, dry and wet spells. 3. Software and hardware infra-structure for data grid and processing grid on mesoscale climatology. 4. Produce 20 years of climatology for the BRAMS model, with validation by observational data in the database. 5. Time integration for next 50 years with BRAMS model. Data analysis with focus on extreme meteorological events for temperature and precipitation. 6. The mesoscale BRAMS will be integrated considering 3 scenarios from the IPCC.
• Financiamento: CAPES/STICAmSud
• Parceiros: Université Paul Sabatier, Toulouse, França
• Coordenador: – Philippe Navaux UFRGS
• Demais Integrantes: Nicolas Maillard – UFRGS, Haroldo Campos Velho – INPE Brasil, Jairo Panetta – ITA Brasil, Obidio Rubio – UNT, Trujillo, Peru, Mario Bidegain – UDeLAR, Montevideu, Uruguai, Guillermo Jorge Berri – SNM, Buenos AIres, Argentina, Jesus Espindola Gonzales – UN, Peru, Olivier Richard, LIG Université de Grenoble, França
• Início: janeiro 2013
• Término: dezembro 2014

Projeto Future Learning Space
• Descrição: O foco do projeto é contribuir para o desenvolvimento da alfabetização digital e as habilidades de aprendizagem das pessoas (estudantes e pessoas de idade), através da construção de um ecossistema digital baseado na Web 2.0 e software social. Com base nesse ecossistema, idosos poderão conectar-se à sociedade e à família, evitando sua exclusão social. O projeto vai explorar os recursos oferecidos pela convergência de tecnologias semânticas, Web 2.0, softwares sociais e serviços sensíveis ao contexto, proporcionando um ambiente personalizado e adaptativo, acessível através de diferentes dispositivos, incluindo a televisão digital. O projeto prevê missões de trabalho envolvendo professores/pesquisadores (brasil-exterior-brasil) e bolsas de sanduíche/pós-doutorado para alunos de doutorado.
• Financiamento: CAPES/STIC AmSud
• Parceiros: MAEE, INRIA, Institut TELECOM, MINCYT
• Coordenador: Leandro Krug Wives – UFRGS
• Demais Integrantes: José Palazzo Moreira de Oliveira – UFRGS, José Valdeni de Lima – UFRGS
• Início: Março 2012
• Término: Março 2013

Development of Algorithm Domain Specfic Dynamic Programmable Gate Array Architectures for increased Dependability in Embedded Systems in the Nano Age
• Descrição: O projeto tem por objetivo desenvolver uma arquitetura reconfigurável com um mecanismo de tolerância a falhas para aumentar a confiabilidade de processadores de propósito geral, considerando altas taxas de defeitos previstas para tecnologias futuras, O projeto visa também um estudo comparativo entre arquiteturas reconfiguráveis de granularidade fina e grossa para avaliar qual delas é a mais apropriada para a abordagem proposta considerando as altas taxas de defeitos previstas para as tecnologias do futuro.
• Financiamento: CAPES/DAAD/PROBRAL
• Parceiros: Karlsruhe Institut of Technology
• Coordenador: Luigi Carro-UFRGS
• Demais Integrantes: Fernanda Gusmão de Lima Kastensmidt – UFRGS
• Início: Janeiro de 2010
• Término: Dezembro de 2011

SecFuNet: Security for Future Networks
• Descrição: A Internet do futuro será baseada principalmente na virtualização de redes e na computação em nuvens. Portanto, um dos maiores desafios da Internet do futuro é prover esta arquitetura de redes virtualizadas e acesso as nuvens com um alto grau de segurança. O projeto SecFuNet propõe o desenvolvimento de um arcabouço capaz de prover autenticação segura, identificação segura, a transferência segura de dados, a infraestrutura segura de redes virtualizadas e a privacidade em redes virtuais e nuvens. Este arcabouço será obtido através da elaboração e desenvolvimento de uma arquitetura coerente para redes virtuais e acesso as nuvens. A arquitetura proposta fornecerá soluções que permitam o gerenciamento da segurança das comunicações entre todas as máquinas conectadas a nuvens públicas, através das redes virtuais e de microcontroladores seguros (hardware que auxilia mecanismos de identificação, autenticação e privacidade). A arquitetura pode ser dividida em diversas redes virtuais: a Internet legada que é utilizada atualmente, a nova Internet baseada na identificação robusta e na garantia da privacidade dos clientes, novas redes pós-IP, dentre outras. A arquitetura proposta permitirá que estas redes virtuais compartilhem o mesmo substrato físico através da virtualização. A arquitetura garantirá o isolamento entre estas redes. Além disso, a utilização de micro controladores seguros permitirá o desenvolvimento de novos esquemas de segurança compatíveis com a Internet legada, que evitará a execução de alguns tipos de ataque existentes.
• Parceiros: CNPq
• Coordenador: Marinho Pilla Barcellos -UFRGS
• Início: 01/09/2011
• Término: 28/02/2014

SALLUS-CYTED
• Descrição: O presente projeto de Rede Temática trata de um conjunto de atividades centradas na pesquisa para a validação de uma Plataforma de Recomendação e Consulta na Web Semântica com especial ênfase em sites na Área da Saúde. O objetivo é de estimular a participação coletiva e estruturar uma sólida cooperação entre os grupos participantes que permita potencializar a cooperação. Para tanto centramos nossas atividades em um ambiente específico planejado como um Portal Web com acesso adaptável aos diferentes usuários em função de seu nível cultural e peculiaridades regionais.
• Parceiros: CNPq
• Coordenador: José Palazzo Moreira de Oliveira -UFRGS
• Início: 13/05/2008
• Término: 31/12/2012

Computação de Alto Desempenho usando Cluster de GPUs
• Descrição: O objetivo geral do projeto é a construção de uma infraestrutura para processamento de alto desempenho, baseado em um cluster de GPUs. Os objetivos específicos do projeto podem ser divididos em dois grandes conjuntos, relativos à construção do cluster e á validação do mesmo com aplicações.
• Financiamento: CNPq/NSF (EUA)
• Parceiros: Universidade de Utah
• Coordenador: João Luiz Dihl Comba
• Início: Julho de 2009
• Término: Julho de 2012

CAPA – Cálculo Paralelo
• Descrição: Estudo e desenvolvimento de soluções para o desenvolvimento de programas paralelos em arquiteturas amplamente distribuídas. Isso passa por soluções em nível de middleware de administração de clusters/grids, de programação paralela e de monitoramento, assim como na avaliação de desempenho.
• Parceiros: Laboratório LIG Grenoble/França
• Financiamento: ASCIN/CNPq
• Coordenador: Philippe Olivier Alexandre Navaux -UFRGS
• Integrantes: Alexandre Carissimi-UFRGS, Nicolas Maillard -UFRGS
• Início: 17/03/2008
• Término: 18/03/2011

RESaBRAN Rede de Ensino em Saúde: Brasil e Angola (PRÓAFRICA/CNPq)
• Descrição: Este projeto tem por finalidade apoiar a realização de visitas de brasileiros a Angola e de Angolanos ao Brasil, para identificação, discussão e elaboração de futuras propostas de atividade de cooperação em C&T, a serem desenvolvidas, de forma conjunta, entre instituições de pesquisa.
• Financiamento: PRÓAFRICA/CNPq
• Parceiros: PPGC/UFRGS, PPGCM/UFSCPA e Universidade Agostinho Neto
• Coordenador: Rosa Maria Viccari – UFRGS
• Início: Fevereiro/2009
• Término: Fevereiro/2011

SYNAPTIC – Synthesis using Advanced Process Technology Integrated in Regular Cells, IPs, Architectures and Design Platforms
• Descrição: Tendo regras de projeto restritas como a força motriz, propor uma metodologia de projeto inovadora, baseada na extração e preservação de regularidade, que abrange exploração de arquitetura, exploração de regularidade durante a síntese, bem como métodos para manter a alta densidade de leiaute para elementos lógicos e de SRAM sob estritas condições de regularidade.
• Financiamento: Seventh Framework Programme (FP7) da Comunidade Européia
• Parceiros: Universidades Politécnico de Milão – Itália e Politécnico da Catalunia – Espanha, IMEC – Bélgica, Thales – França, ST Microeletronica – Itália, Nangate – Dinamarca e Leading Edge – Itália
• Coordenador: André Inácio Reis-UFRGS
• Integrantes: Renato Perez Ibas – UFRGS
• Início: janeiro de 2010
• Término: 31/12/2014

ERA – Embedded Reconfigurable Architectures
• Descrição: Desenvolvimento de um conjunto de projetos na área de arquiteturas reconfiguráveis para aplicações em sistemas embarcados, centrado no desenvolvimento de tecnologias inovadoras cobrindo processamento, conexões e memórias, bem como no treinamento de recursos humanos (estudantes e pesquisadores) em novas tecnologias adaptativas.
• Financiamento: Seventh Framework Programme (FP7) da Comunidade Européia
• Parceiros: Universidades de Delft (Coordenadora), de Siena – Itália, Chalmers – Suécia, Edimburg – Escócia, Empresas Evidence – Itália, ST-Microelectronics – Itália, IBM – Israel, o Instituto ISI – Industrial Systems Institute – Grã-Bretanha
• Coordenador: Luigi Carro-UFRGS
• Integrantes: Érika Cota-UFRGS
• Início: janeiro de 2010
• Término: 31/03/2013

Transformação de Grafos e Verificação
• Descrição: O objetivo do projeto TGV consiste na criação e concepção ao de diferentes lógicas e técnicas de prova dedicadas a expressar e realizar (semi) automaticamente provas de propriedades de sistemas de transformações de grafos. A ênfase aqui está na integração destas técnicas dentro do contexto de desenvolvimento de sistemas computacionais complexos especificados como transformações de grafos. Este projeto será uma oportunidade para acumular habilidades complementares em transformação de grafos, verificação de programas, teoria dos tipos e lógica, de forma a investigar 7 diversos métodos formais, técnicas e ferramentas específicas para o desenvolvimento e certificação de programas baseados em regras operando sobre grafos.
• Financiamento: FAPERGS -INRIA
• Parceiros; UCRS, Ufpel,Laboratoire d’Informatique de Grenoble, Institut de Recherche en Informatique de Toulouse
• Coordenador: Leila Ribeiro
• Integrantes: Roberto da Silva-UFRGS, Sílvio Renato Dahmen
• Início: 01/12/2012
• Término: 30/09/2014