Português English
Contato
Publicado em: 07/10/2019

UFRGS recebe a visita de Arnaldo Barbosa Lima Júnior

Arnaldo Barbosa de Lima Júnior visitou a UFRGS e foi apresentado a projetos das áreas de Engenharia, Informática e Biotecnologia.

image_large

Na tarde de ontem, 2 de outubro, o reitor Rui Vicente Oppermann, a vice-reitora Jane Tutikian e uma comitiva da Administração Central da Universidade receberam a visita de Arnaldo Barbosa Lima Júnior, titular da Secretaria de Educação Superior (SESU) do Ministério da Educação.

Inicialmente, o secretário conheceu as instalações, os pesquisadores e os trabalhos desenvolvidos pelo Laboratório de Metalurgia Física (Lamef) no Campus do Vale. O professor Afonso Reguly, coordenador do Laboratório, destacou os principais projetos do setor, bem como algumas das empresas incubadas. O secretário da Sesu também realizou uma visita guiada por ambientes do Lamef, como o pavilhão de ensaios, onde são testados equipamentos e materiais empregados na exploração de petróleo da camada do pré-sal. Reguly explicou como são avaliadas a resistência, a confiabilidade e a durabilidade de peças que precisam suportar condições extremas de calor, pressão e amplitude térmica.

A visita prosseguiu no Centro de Empreendedorismo em Informática (CEI) do Campus do Vale, onde Barbosa Lima Júnior foi recebido pela diretora do Instituto de Informática, Carla Dal Sasso Freitas, e pelo diretor do Parque Zenit, Marcelo Lubaszewski. O diretor enfatizou o fato de que, atualmente, não existe negócio com chance de sucesso sem caráter transdisciplinar. Durante o encontro, houve uma rodada de apresentações de empresas incubadas no espaço-conceito criado para a oferta de atividades criativas no âmbito da inovação.  Alan Velasques Santos, um dos sócios da empresa Cognitiva Brasil – Tecnologias Educacionais, falou do aplicativo Experter, voltado para a aprendizagem do inglês por meio da inteligência artificial. O software, em fase de testes em algumas escolas, permite otimizar o ensino do idioma.

O titular da SESU ressaltou a possibilidade de investimento em projetos inovadores via fundos patrimoniais internacionais, dando como exemplo o fundo patrimonial ligado à Universidade do Texas, nos Estados Unidos. Ele também salientou que o Brasil só irá tornar-se um país desenvolvido com o apoio ao empreendedorismo e à inovação dentro das universidades.

Rui Oppermann, por sua vez, afirmou que, com o apoio do Ministério da Educação, a UFRGS terá condições de promover esse desenvolvimento. No entanto, acrescentou que as importações de equipamentos feitas pelas universidades ainda enfrentam entraves burocráticos que precisam ser superados.

Na sequência, a comitiva seguiu até o Centro de Biotecnologia da UFRGS (CBIOT), onde foi recebida pelo diretor Giancarlo Pasquali. Após fazer um breve histórico do Centro e das principais empresas atualmente incubadas, o dirigente promoveu uma visita às instalações da Arborea – Biotech, local que estuda práticas sustentáveis para obtenção e desenvolvimento de produtos biotecnológicos usando compostos naturais originários da fitodiversidade brasileira. O grupo também conheceu o trabalho da Regenera – Moléculas do Mar, empresa que desde 2010 tem analisado o patrimônio genético brasileiro de origem marinha para as necessidades de inovação da indústria.

O secretário Barbosa Lima Júnior também visitou as obras do novo prédio do Instituto de Ciências Básicas da Saúde (ICBS), onde foi recebido pela diretora Ilma Simone Brum da Silva, pelo vice-diretor Marcelo Lazzaron Lamers e pelo superintendente de Infraestrutura da UFRGS, Edy Isaias Junior. A edificação irá abrigar atividades de seis cursos de pós-graduação e mais de 2.300 alunos. Porta de entrada para os estudantes das áreas da Saúde e das Ciências Agrárias e Biológicas, o ICBS tem previsão de entrega das obras em 2020.

Por fim, o secretário conheceu a Aegro, empresa incubada no Centro de Empreendimentos em Informática (CEI) do Instituto de Informática da UFRGS, que desenvolveu um software que permite reunir as áreas operacional e financeira de propriedades rurais, oferecendo um controle eficiente de sua gestão. A visitação encerrou-se no gabinete do reitor com um encontro entre representantes das empresas Juniores e o secretário de Desenvolvimento tecnológico da UFRGS, José Luís Duarte Ribeiro.

Integraram a comitiva da Administração Central o chefe de gabinete João Roberto Braga de Mello, o pró-reitor de Pesquisa Rafael Roesler e o vice-pró-reitor de Planejamento e Administração Luis Roberto da Silva Macedo.