Português English
Contato

Grupos de Pesquisa | Ferramentas Computacionais para Projeto de Circuitos e Sistemas Integrados

O objetivo do Grupo de Ferramentas Computacionais para Projeto de Circuitos e Sistemas Integrados é pesquisar novos modelos e algoritmos para o desenvolvimento de ferramentas computacionais que auxiliem o projeto de circuitos e sistemas integrados digitais, de forma a otimizá-los segundo critérios como área do circuito, consumo de potência, freqüência de operação e imunidade a ruído. O projeto de circuitos também é objeto de estudo deste grupo, como forma a validar os softwares e métodos criados.

Pesquisadores Membros do Grupo

Temas de Pesquisa

  • Geração de redes lógicas: este tópico visa aproximar síntese lógica da síntese física dos circuitos digitais de forma a incorporar os benefícios de ambos na geração automática de portas lógicas. Portas lógicas em diversos estilos de projeto CMOS são consideradas
  • Mapeamento tecnológico: Realização do mapeamento tecnológico ‘library-free’ onde não há uma biblioteca de células pré-projetadas, e sim a definição das funções mais eficientes para a implementação do circuito segundo critérios de desempenho, consumo e tamanho do mesmo
  • Pacote de BDD: ‘Binary Decision Diagram’ representa um técnica eficiente para manipulação de álgebra Booleana e geração de redes de transistores. O foco deste tópico é desenvolver um pacote de BDD específico para as necessidades das atividades de pesquisa do grupo
  • Modelagem de correntes de fuga em portas CMOS: o objetivo deste tópico é desenvolver novos modelos de estimativa de correntes de fuga em portas lógicas CMOS a fim de orientar a síntese de circuitos em relação ao consumo estático
  • Avaliação de bibliotecas de células e do projeto de ASICs: a composição de bibliotecas de células é alvo de estudo através da avaliação do seu impacto no projeto final do ASIC. Circuitos de teste e ‘benchmarks’ também estão sendo investigados para a verificação e validação de bibliotecas

Projetos de Pesquisa Recentes na Área

  • Projeto Lagarto – Desenvolvimento de ferramentas para a geração automática de leiaute de células digitais (2001-2005). Financiamento: CNPq, CAPES, Fapergs, UFRGS.
  • Projeto Nangate – Desenvolvimento de modelos, métodos e ferramentas computacionais para auxílio ao projeto de portas lógicas e circuitos digitais. (2005-2007). UFRGS / Nangate Inc. Financiamento: Nangate A/S, CAPES, CNPq.
  • Projeto Synaptic – – Desenvolvimento de modelos, métodos e ferramentas computacionais para compor um fluxo de projeto baseado em leiaute regular para tecnologias avançadas. (2010-2013). UFRGS / Nangate (Dinamarca)  /ST microelectronics (Itália) / Thales (França) / IMEC (Bélgica) / Leading Edge (Itália) / Politécnico de Milão (Itália) / Politécnica da Catalunya (Espanha). Financiamento: Comunidade Européia.

Resultados de Pesquisa Recentes

  • Cinco patentes concedidas.
  • Onze pedidos de patente publicados.
  • 10 dez artigos de revista e 50+ artigos de conferência nos últimos 6 anos.
  • Filial da Nangate estabelecida no Brasil de 2006 a 2010.
  • Cooperação com empresas e institutos de pesquisa internacionais (Nangate, Thales, ST microelectronics, IMEC, Leading Edge)
  • Cooperação com empresas e institutos de pesquisa internacionais (Nangate, Thales, ST microelectronics, IMEC, Leading Edge)