Português English
Contato

Daltro José Nunes

+55 51 3308-9465
43425
237
Colaborador Convidado

Qualificações

  • Doutor em Informática (Universität Stuttgart, Alemanha, 1985)
  • 1971-1972 Mestrado em Ciências Em Informática
  • 1981-1985 Doutorado em Der Naturwissenschaften - Informatik
  • 1992-1993 Pós-doutorado em Universitat Stuttgart

Áreas de Interesse

  • Engenharia de Software
  • MÉTODOS FORMAIS

Minibiografia

Prof. Daltro ingressou na UFRGS em 1965 como aluno de graduação em Engenharia Elétrica, tendo colado grau em 1969. Durante sua graduação, foi bolsista no Centro de Processamento de Dados (CPD). Nessa função, atuou no desenvolvimento dos primeiros sistemas de software da Universidade: Sistema de Controle Acadêmico da Escola de Engenharia (que depois serviria de modelo para o Sistema de Controle Acadêmico da UFRGS), Folha de Pagamento e Sistema de Controle da Biblioteca Central.

Em 1970, foi admitido na UFRGS como Analista de Sistemas, sendo responsável pela implementação dos sistemas de correção do Vestibular Integrado e de totalização dos votos das eleições estaduais. A média harmônica para cálculo da nota final do candidato, ao ingresso pelo vestibular, foi introduzida em 1972 por sugestão do Prof. Daltro Nunes. Em 1971, tornou-se professor Assistente da UFRGS, tendo se afastado para realizar o mestrado na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Obteve o título de Mestre em Informática por aquela universidade, em 1972.

O professor Daltro foi um dos líderes da concepção e elaboração da proposta de criação do curso de Pós-Graduação em Ciência da Computação (CPGCC), nível mestrado. Foi o primeiro Coordenador do CPGCC, exercendo essa função entre 1972 e 1980. Esse curso foi um dos pioneiros na área de Computação no Brasil, tendo colocado a UFRGS em destaque na área. A área acadêmica do CPGCC deixou marcas profundas na formação de profissionais e na criação de empresas da área de software e hardware no Sul do Brasil. O CPGCC da UFRGS, coordenado pelo Prof. Daltro, foi o berço da criação da Sociedade Brasileira de Computação (SBC). A SBC foi criada em 1978. O principal evento da área de Computação, o Congresso da SBC, tem até hoje em sua trilha científica principal, o Seminário sobre Desenvolvimento Integrado de Software e Hardware, cujas primeiras edições foram realizadas nas dependências da UFRGS e serviram de semente para a organização da SBC. O Prof. Daltro Nunes foi o primeiro vice-presidente da Sociedade Brasileira de Computação. Durante o período em que foi coordenador do CPGCC, coordenou projetos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDE), que permitiram equipar a UFRGS com equipamentos computacionais modernos, alavancando tanto a pesquisa quanto o desenvolvimento de sistemas de alta qualidade para a universidade. Além disso, o prof. Daltro incentivou, solicitou e promoveu a contratação de um grupo docente de excelência na área de Computação. Aquele grupo de Docentes, inicialmente no CPGCC e como parte da chamada “Divisão Acadêmica do CPD”, foi o núcleo idealizador e embrião do Instituto de Informática da UFRGS dessa Universidade.

De 1981 a 1985, o professor Daltro afastou-se para a Alemanha, para realização do seu doutorado em Computação, título que obteve em 1985 pela Universität Stuttgart, com a tese intitulada: “Ein Verfahren zur rechnerunterstützten Programmkonstruktion” (“A Process for Computer-Aided Program Construction”.

Mesmo afastado para doutorado, o Prof. Daltro participou ativamente dos movimentos na UFRGS para criar um curso em nível de graduação na área de Computação e, também, um departamento específico para essa área na UFRGS. O curso de Bacharelado em Ciência da Computação da UFRGS foi iniciado em 1983, e o prof. Daltro Nunes foi o coordenador ou membro da Comissão de Graduação (COMGRAD) deste curso em diversos momentos durante sua trajetória acadêmica. Após seu retorno do doutorado, de 1987 a 1990, o Prof. Daltro assumiu a chefia do Departamento de Informática da UFRGS, criado mesmo antes da formalização do Instituto, e se engajou na criação do Instituto de Informática. A instituição formal do Instituto de Informática pela Administração Superior da UFRGS ocorreu em novembro de 1989.

De 1990 a 1993, o Professor Daltro José Nunes liderou a reformulação do curso de graduação em Ciência da Computação da UFRGS, montando um currículo inovador, que se tornou uma referência no Brasil, com ênfases distintas. Muitas universidades, faculdades isoladas e centros universitários seguiram o modelo da UFRGS para construírem seus projetos de curso de graduação em Computação. O currículo do curso de Bacharelado em Ciência da Computação foi também utilizado como base para a elaboração do Currículo de referência do ensino de Computação pela Sociedade Brasileira de Computação.

Ao longo dos anos seguintes, mesmo após sua aposentadoria em 2013, o professor Daltro Nunes teve atuação intensa e destacada em várias instâncias.

No âmbito da UFRGS, foi membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão e da Câmara de Graduação da UFRGS em diferentes ocasiões, membro do Conselho Universitário e membro do Conselho Deliberativo do Instituto Latino-Americano de Estudos Avançados (ILEA). Durante um longo período, de 2006 a 2016, foi Secretário de Avaliação Institucional da UFRGS, tendo muito contribuído para com os procedimentos de avaliação na Universidade.

No estado, foi membro do Comitê Assessor de Matemática, Estatística e Computação da FAPERGS (2002-2004), do Comitê de Cooperação Internacional (2004-2010) e do Comitê Especial de Inovação Tecnológica – PAPPE (2005-2010) dessa mesma Fundação.

Foi membro do comitê da área de Computação da CAPES, por 2 mandatos (1996-2000). Participou da Comissão de Especialistas em Computação e Informática da Secretaria do Ensino Superior do MEC, tendo coordenado durante vários anos essa comissão, que foi responsável pela definição das diretrizes curriculares dos cursos da área de Computação no Brasil, bem como pela definição de critérios de qualidade e avaliação dos mesmos. As Diretrizes Curriculares Nacionais elaboradas por essa comissão, presidida pelo Prof. Daltro Nunes, foram homologadas em 2012 pelo Ministro da Educação. O trabalho do Prof. Daltro Nunes nessa área foi decisivo para o alcance da alta qualidade de formação de pessoal e da pesquisa em Computação que temos hoje na UFRGS e no Brasil.

Com atuação em Engenharia de Software, o professor Daltro orientou dezenas de alunos de mestrado, de doutorado e de graduação. Publicou 9 livros e mais de uma centena de trabalhos em periódicos e conferências nacionais e internacionais, além de capítulos de livros.

Por sua trajetória nessa área de pesquisa, o professor Daltro Nunes foi homenageado, em 2010, pela Comissão Especial de Engenharia de Software da SBC, por sua contribuição relevante para a criação e consolidação da Engenharia de Software no Brasil. Ele já havia sido distinguido, em 2004, com o título de Professor honorário da Universidad Privada Antenor Orrego, em Trujillo, no Peru; em 2008, com o Prêmio SUCESU em Educação, uma homenagem por seu pioneirismo e inovação na trajetória da Computação no Rio Grande do Sul, e em 2009, com o Prêmio UFRGS 75 Anos, pela relevância de suas atividades para o sucesso da UFRGS como promotora do desenvolvimento do RS e do país. Finalmente, em 2011, o Prof. Daltro Nunes foi agraciado com o Prêmio Newton Faller, da Sociedade Brasileira de Computação, por sua dedicação e contribuições a essa Sociedade científica.